Programa: “Os Governos Locais e suas visões sobre a sustentabilidade”

Os governos locais e seus pontos de vista sobre a sustentabilidade, tendo em vista a Declaração do Rio+20 e o Congresso Mundial da ICLEI 2012.

A crise ambiental mundial se origina porque o modelo atual do desenvolvimento está cada vez mais explicita nas ultimas décadas. As causas do conflito ambiental são variadas, destacando as evidencias da problemática climática pela acumulação dos gazes de efeito estufa,pela queima de combustíveis fósseis, como o petróleo, o carvão e o gás natural nas megacidades.

E neste contexto, as responsabilidades ambientais dos governos locais têm o desafio de implementar ferramentas de administração, em economia e de gestão, que lhes permitem gerar políticas públicas afim de obter melhoramentos na sustentabilidade global, através desse desenvolvimento de boas praticas ambiental local.

No decorrer dos anos, a globalização permitiu aos governos locais desempenhar um papel predominante na relação entre as cidades naturais e urbanas, na qual hoje mais da metade da população mundial.

Além disso, as cidades apresentam um papel fundamental na interação permanente com o cidadão, o que possibilita abordar as problemáticas ambientais de maneira mais direta e eficaz, proporcionando ferramentas ambientais que estimulem a participação da cidadã.

O vínculo atual entre cidades e cidadãos, deve ser fortalecido pela criação de rede das pequenas, médias e grandes empresas locais, a fim de contribuir para o desenvolvimento e a implementação de boas mediadas de governança, para efetuar a transição entre o modelo atual sustentável e das sociedades econômicas.

O motivo do Foro Latino Americano de Desenvolvimento Sustentável de Rosário, o Congresso Mundial ICLEI 2012 e a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável: Rio+20, uma vez que desenvolveu Programa de Governança Local: “Os Governos Locais e suas visões sobre a sustentabilidade” tendo como objetivo divulgar e analisar as diferentes visões ambientais e dos municípios, municipais e/ou municípios na América Latina.

Acreditamos que as pequenas,  médias e grandes cidades devem participar ativamente da Cúpula, para demonstrar o trabalho presente e futuro que desenvolvem em matéria de sustentabilidade.

Nesse quadro, tendo em conta o atual modelo de desenvolvimento: econômico, político e ético, temos implementado três (3) questões para que os responsáveis pelos governos locais nas áreas ambientais da América Latina possam transmitir suas visões nos encontros ambientais mais importantes do ano.

As perguntas do Programa são as seguintes:

1) Que tipo de “green economy”, desenvolve a cidade para erradicar ou para pelo menos reduzir a pobreza?

2) Que tipo de organização é necessário para uma nova governança local?

3) Que tipo de humanidade queremos para os próximos anos?

O Programa, além das perguntas, fornece uma breve entrevista com os responsaveis ambientais dos municípios, municipal e /ou municípios na América Latina, com o objeto do conhecimento direto e das boas práticas ambientais nas cidades.

Com as respostas, resultados e as reflexões da Cúpula, iremos elaborar um documento que reflete as bos práticas ambientais e os pontos de vista dos governos locais na América Latina.

Os governos locais interessados em participar  do Programa devem preencher o formulário que se encontra no www.gobernanzalocal.wordpress.com, e enviá-lo a gobernanzalocal@gmail.com o prazo será até sexta-feira 8 de junho de 2012.

Programa de Governança Local: “Os Governos Locais e suas visões sobre a sustentabilidade”

Preguntas del Programa – Portugués –

 

Tagged with:
Publicado en Internacionalización, Medio ambiente

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

Sabías que…
Para el año 2015 la Federación Colombiana de Municipios, será la principal representante e interlocutora de la descentralización en Colombia y promotora de trascendentales iniciativas que permitan a los municipios ser más autónomos, competitivos, sostenibles, generadores de desarrollo humano, gobernables, democráticos y en paz.
Secciones de Gobernanza Local

Error: Twitter no responde. Por favor, espera unos minutos y actualiza esta página.

Últimas #BPL
Historial de #BPL
A %d blogueros les gusta esto: